A tecnologia aproximando Cidadãos e Governo em 2016

Fazer previsões é sempre uma tarefa difícil. Prefiro dizer que tenho algumas opiniões sobre a participação cívica em 2016 e vou falar num sentido amplo sobre qualquer tecnologia usada para capacitar os cidadãos ou ajudar a tornar o governo mais acessível, eficiente e eficaz.

Assim, as minhas opiniões são:

  • Maior quantidade de investimentos: Grandes corporações e fundações, antes concentradas em soluções de mercado, vão apoiar e financiar cada vez mais soluções de interesse público e negócios de impacto social.
  • Civic Tech como parte modelo de negócio de empresas privadas: Novos “Uber” e “AirBnB” devem surgir em outros segmentos de mercado (ex: bancos, varejo), aproveitando a onda da economia compartilhada (sharing economy).
  • Uso intensivo de redes sociais digitais para participação cívica nas eleições municipais brasileiras: Pela primeira vez o pleito da esfera municipal fará uso de meios digitais consolidados e de fácil acesso para promover o engajamento e co-produzir planos de governo e mandatos mais participativos. Um oportunidade e tanto.
  • Participação cívica, tecnologias e inovação como pauta consolidada de diversas instituições públicas e privadas.
  • Popularização e expansão de iniciativas como o Pitch Gov, do Governo do Estado de São Paulo.
  • Projetos envolvendo diversos agentes de diversos setores para solução de problemas específicos: Laboratórios de Solução de Problemas.

São esses os macro pontos principais que consigo visualizar para o curto prazo.

PitchGovSP

O PitchGov foi uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo que buscou soluções inovadoras para os desafios da administração pública

Publicado por:

   André Tamura
Diretor Executivo da WeGov - http://www.wegov.net.br/

Deixe o seu comentário

Contactos

Tem questões sobre o Projeto Cidadania 2.0?
Tem sugestões? Quer ser nosso parceiro?
Por favor contacte-nos em info@knowman.pt

Subscrever newsletter

Quero receber:

Apoios

Logo da Samsys

Regressar ao cimo