Consumidor.gov.br

Para ajudar a aproximar consumidores e empresas, nasceu no Brasil, em junho de 2014, o portal Consumidor.com.br. O objetivo é posicionar a Internet como veículo facilitador de comunicação e da apresentação de reclamações online. Entre operadoras de telecomunicações, grandes cadeias de supermercados e instituições financeiras, centenas de empresas estão registadas e têm vindo a atender um número cada vez maior de utilizadores registados.

Criado pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, o Consumidor.gov.br é um serviço público para solução alternativa de conflitos de consumo disponibilizado por meio de plataforma tecnológica de informação, interação e compartilhamento de dados.

Página inicial do Consumidor.gov.br

Página inicial do Consumidor.gov.br

O registo das empresas no site é feito de forma voluntária mas, a partir do momento que determinada empresa ou marca o faça, compromete-se a dar resposta no prazo de dez dias a questões e problemas que lhe sejam apontados.

Também os cidadãos podem sugerir o registo de uma instituição no Consumidor.com.br caso não encontre a encontre já listada.

Formulário para cadastro de reclamação no Consumidor.gov.br

Formulário para cadastro de reclamação no Consumidor.gov.br

Após a reclamação ser atendida pela empresa, o consumidor tem até 20 dias para avaliar o atendimento em três aspetos: se a solicitação foi resolvida ou não, dar uma nota de 1 a 5 para o atendimento e ainda tem um espaço para observações sobre o atendimento.

Perfil de um fornecedor no Consumidor.gov.br

Perfil de um fornecedor no Consumidor.gov.br

No final de 2015, o site cresceu para aplicação para smartphone ou tablet.

Apesar do lado prático que oferece, a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça alerta que o portal não substitui o serviço prestado pelos órgãos de defesa do consumidor, que continuam a atender os consumidores presencialmente.

Atividade do Projeto

Sem actualizações de estado

1 Comentário

  1. Ana Neves -  20 de Janeiro de 2016 - 14:39

    Falta a este projeto um pouco mais de transparência e também de possibilidade de interação entre cidadãos. Por exemplo, como o GetSatisfaction costumava fazer, uma pessoa podia fazer uma reclamação, havia a expetativa de que a empresa respondesse mas havia também a possibilidade de outras pessoas poderem acrescentar informação, ou até mesmo votar na pertinência da reclamação. Talvez tenham passado pelo mesmo; talvez tenham tido uma experiência oposta; etc..

    De qualquer forma, é um projeto bem interessante e um excelente ponto de partida.

    Responder

Deixe o seu comentário

Contactos

Tem questões sobre o Projeto Cidadania 2.0?
Tem sugestões? Quer ser nosso parceiro?
Por favor contacte-nos em info@knowman.pt

Subscrever newsletter

Quero receber:

Apoios

Logo da Samsys

Regressar ao cimo