DefeZap

O DefeZap é um sistema que pretende dar visibilidade a agressões praticadas por membros de instituições públicas do Rio de Janeiro no exercício das suas funções.

“O serviço permite o envio de vídeos-denúncias que mostrem violência ilegal cometida por agentes do Estado, como policiais militares, guardas municipais, policiais civis, membros das forças armadas, entre outros.” O material é recebido pela equipa DefeZap e analisado pela rede colaboradores voluntários que encaminham o vídeo para as autoridades competentes. O material pode também vir a ser usado para produzir peças jornalísticas, sendo garantido sigilo relativamente à fonte do material.

 

Ações possíveis no DefeZap

De que forma pode colaborar com o DefeZap ou beneficiar do trabalho realizado pela equipa

 

Ilustração Juridiquês - Português criada pelo DefeZap

Uma das ilustrações criadas pela equipa do DefeZap que, numa linguagem acessível, recorda algumas leis relacionadas com os direitos dos cidadãos

 

O material pode ser enviado através do site ou do WhatsApp.

O DefeZap, que agora utiliza a hashtag #DefeZap, já tinha iniciado as suas ações há algum tempo, recorrendo à hashtag #SemEsculacho que ainda se pode ver em algumas das peças de comunicação produzidas.

Nota: De acordo com o Dicionário Online da Priberam, “esculacho” é um termo informal, usado no Brasil, para referir o ato ou efeito de agredir fisicamente.

Atividade do Projeto

Sem actualizações de estado

Deixe o seu comentário

Contactos

Tem questões sobre o Projeto Cidadania 2.0?
Tem sugestões? Quer ser nosso parceiro?
Por favor contacte-nos em info@knowman.pt

Subscrever newsletter

Quero receber:

Apoios

Logo da Samsys

Regressar ao cimo