WikiFavelas

O WikiFavelas: Dicionário de Favelas Marielle Franco tem por objetivo possibilitar a criação de plataforma virtual em formato enciclopédico colaborativo para agregar a produção acadêmica e documental já existente sobre as favelas do Rio de Janeiro e de outras cidades do Brasil.

Este projeto visa também permitir a coleta e construção coletiva do conhecimento existente sobre as favelas, por meio da articulação de uma rede de parceiros que já se dedicam a este tema, tanto nas academias quanto nas instituições produtoras de conhecimentos existentes nas próprias favelas.

 

Página de apresentação do WiikiFavelas

 

O Dicionário é composto de textos, com ou sem imagens, propostos pelos autores na forma de verbetes (textos de cerca de 4000 palavras). Para tanto é necessário que a pessoa se inscreva como participante, antes de enviar seu texto.

Também é possível fazer uma pequena proposta inicial, uma ementa de 400 palavras, sobre um tema relacionado às favelas e inseri-la na plataforma antes de enviar o texto definitivo do verbete. Cada autor é livre para propor o tema que quer abordar, desde que remeta à temática geral das favelas.

Quem quiser debater um verbete ou propor uma visão divergente e mesmo uma redação alternativa pode também enviar seu texto com referência ao artigo original que quer debater.

O Conselho Editorial é composto por representantes das instituições que deram início ao projeto. O Conselho é responsável pela linha editorial e pela mobilização de novos parceiros e instituições.

O projeto tem apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Por que não ficar com as definições destes conceitos em páginas como o Wikipedia? Para fomentar a “pluralidade de narrativas”, justifica [Sonia Fleury, pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e coordenadora do projeto]. Em enciclopédias “neutras”, como a Wikipedia, “a palavra Favela sempre foi usada como um adjetivo pejorativo: ‘Isso é coisa de favelado’. Não concordamos com os termos neutros do Wikipedia, não somos neutros. Temos uma posição em relação à perspectiva emancipatória da cidadania e da cidade”, afirma.

Por “opção política”, a WikiFavelas não distingue o conhecimento produzido “em centros de excelência” daquele produzido na favela. “São todos intelectuais orgânicos que estão pensando uma realidade que transcende, porque é a realidade de uma cidade”, explica Fleury.

Excerto de um artigo do Correio do Povo (17 abril 2019)

O WikiFavelas assenta na ferramenta open source MediaWiki.

 

WikiFavelas - página inicial

Atividade do Projeto

Sem actualizações de estado

Deixe o seu comentário

Contactos

Tem questões sobre o Projeto Cidadania 2.0? Tem sugestões? Quer ser nosso parceiro?

Envie-nos um email

Newsletter

Mensagem enviada mensalmente por email com novidades sobre o projeto Cidadania 2.0 e informação sobre novos projetos, entrevistas e artigos sobre a utilização da tecnologia para a democracia e para a defesa de direitos humanos e sociais.

SUBSCREVER

Apoios

Logo da Samsys

Regressar ao cimo